21.3 C
Marataízes
sábado, 18 janeiro, 2020

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

Mais Lidas

Prefeitura de Marataízes oferece descontos de até 100% nos juros e multas em refinanciamento

Os contribuintes com débitos inscritos em dívida ativa, que optarem pelo pagamento à vista, através do Programa Municipal de...

Trabalhador é atropelado durante limpeza de canteiro em Cachoeiro

Um funcionário de uma empresa terceirizada da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim ficou ferido ao ser atropelado na manhã...

Perfil de suspeito de ataque ao Porta dos Fundos é conhecido pela polícia

Ex-mulher relatou ameaças e agressões em depoimento, mas depois voltou atrás. O Fantástico deste domingo (5) traçou um perfil de...

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional
Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

A situação de vulnerabilidade social que cerca muitas das mulheres custodiadas em unidades prisionais do Espírito Santo foi um fator decisivo para a oferta de um curso que trabalhará a temática da violência contra mulher. Através da parceria da prefeitura de Cariacica com a Secretaria da Justiça (Sejus), serão ofertadas 200 vagas para internas do regime provisório do Centro Prisional Feminino de Cariacica.

O objetivo é abordar com este público as formas de violência doméstica e familiar e disseminar as ferramentas e meios que ajudam no combate e garantem o atendimento em caso de violação de direitos.

A diretora da unidade, Graciele Sonegheti Fraga, ressalta que essa formação será importante na conscientização de que a violência não pode ser aceita.

“Cada uma dessas mulheres tem uma história de vida: muitas foram agredidas, insultadas. Queremos que, através desse curso, vejam que ao sair daqui elas têm oportunidades e meios para serem capazes e autossuficientes se agregarem esse conhecimento às oportunidades de estudo, trabalho e qualificação que já temos na unidade”.

Para o vice-prefeito do município, Nilson Basílio, levar a capacitação à unidade é um modo de executar a política pública de segurança.

“Cada vida vale. É preciso a coragem de notificar as ocorrências, pois é através desses dados que podemos desenvolver projetos que levem informação e direitos à nossa comunidade.  A segurança se faz a partir de políticas públicas que incluam também a promoção e defesa da mulher, educação, cultura, saúde. Estamos aqui hoje dando nossa contribuição e precisamos que vocês se apropriem e compartilhem esse conhecimento” destaca o vice-prefeito.

A empresa A & F Global Service, contratada pelo município, será responsável por ministrar a formação. Serão oferecidas 200 capacitações ao longo do mês de janeiro na unidade, com carga horária de 40 horas.

Representantes da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES) e do Conselho Municipal da Mulher e dos Direitos Humanos também estiveram presentes e participaram da aula inaugural, realizada na manhã desta segunda-feira (06).

 

Fonte: es.gov.br

Deixe um Comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Praias e Lagoas

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão...

Praia do Pontal

Você conhece a Praia do pontal? Portanto e a resposta for não. Você está no lugar certo. Iremos num breve texto tentar expor as maravilhas...

Praia do Micinho em Marataízes. Um encontro com a natureza!

A Praia do Micinho em Marataízes é como um daqueles recantos onde você chega e não quer mais sair. Um pedacinho da natureza aconchegante...

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão as águas se aquecem e...

Praia da Barra

A Praia da Barra é a mais tradicional e badalada praia de Marataízes, ela é uma das mais belas praias do município, o local...

Você também pode gostar!LEIA MAIS
Selecionado para você 😉