20.8 C
Marataízes
sábado, 28 março, 2020

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

Mais Lidas

Chá verde emagrece mais que matcha?

Que o chá verde emagrece todo mundo sabe. No entanto, parece ter surgido um concorrente à altura. O matcha...

Profissional da Innovar recebe o Prêmio Latin American Quality Institute

Mais uma premiação orgulha a empresa INNOVAR, dessa vez foi uma conquista internacional. O Prêmio Latin American Quality Institute,...

Prefeitura de Marataízes divulga prévia da programação de carnaval na cidade

A prefeitura de Marataízes publicou uma nota oficial em suas redes sociais nesta quarta-feira (29) cancelando os eventos programados...

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional
Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

A situação de vulnerabilidade social que cerca muitas das mulheres custodiadas em unidades prisionais do Espírito Santo foi um fator decisivo para a oferta de um curso que trabalhará a temática da violência contra mulher. Através da parceria da prefeitura de Cariacica com a Secretaria da Justiça (Sejus), serão ofertadas 200 vagas para internas do regime provisório do Centro Prisional Feminino de Cariacica.

O objetivo é abordar com este público as formas de violência doméstica e familiar e disseminar as ferramentas e meios que ajudam no combate e garantem o atendimento em caso de violação de direitos.

A diretora da unidade, Graciele Sonegheti Fraga, ressalta que essa formação será importante na conscientização de que a violência não pode ser aceita.

“Cada uma dessas mulheres tem uma história de vida: muitas foram agredidas, insultadas. Queremos que, através desse curso, vejam que ao sair daqui elas têm oportunidades e meios para serem capazes e autossuficientes se agregarem esse conhecimento às oportunidades de estudo, trabalho e qualificação que já temos na unidade”.

Para o vice-prefeito do município, Nilson Basílio, levar a capacitação à unidade é um modo de executar a política pública de segurança.

“Cada vida vale. É preciso a coragem de notificar as ocorrências, pois é através desses dados que podemos desenvolver projetos que levem informação e direitos à nossa comunidade.  A segurança se faz a partir de políticas públicas que incluam também a promoção e defesa da mulher, educação, cultura, saúde. Estamos aqui hoje dando nossa contribuição e precisamos que vocês se apropriem e compartilhem esse conhecimento” destaca o vice-prefeito.

A empresa A & F Global Service, contratada pelo município, será responsável por ministrar a formação. Serão oferecidas 200 capacitações ao longo do mês de janeiro na unidade, com carga horária de 40 horas.

Representantes da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES) e do Conselho Municipal da Mulher e dos Direitos Humanos também estiveram presentes e participaram da aula inaugural, realizada na manhã desta segunda-feira (06).

 

Fonte: es.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Praias e Lagoas

Praia da Cruz em Marataízes

A Praia da Cruz em Marataízes é umas das mais belas e procuradas praias da orla maratimba. O local...

Praia da Barra

A Praia da Barra é a mais tradicional e badalada praia de Marataízes, ela é uma das mais belas praias do município, o local...

Marataízes. Conheça a cidade das belas praias e lindas lagoas

Marataízes é uma típica cidade de praia que conserva certo bucolismo. O município faz parte da Rota da Costa e da Imigração e da...

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão as águas se aquecem e...

Praia dos Namorados

A Praia dos Namorados é uma bela praia de águas tranquilas o ano inteiro, ela fica ao lado da Igreja católica Nossa dos Navegantes...

Você também pode gostar!LEIA MAIS
Selecionado para você 😉