20.8 C
Marataízes
sexta-feira, 5 junho, 2020

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

Mais Lidas

Tomar chá para enxaqueca reduz as dores? Leia e Confira!

Uma dor de cabeça já é ruim. Agora imagine uma crise que pode causar náusea, enjoo e sensibilidade a...

Praia da Barra

A Praia da Barra é a mais tradicional e badalada praia de Marataízes, ela é uma das mais belas...

Itapemirim abre inscrições para contratação de 80 guarda-vidas

A Prefeitura de Itapemirim está com inscrições abertas para o preenchimento de 80 vagas (entre elas, 04 para pessoas...

Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional
Curso de violência contra mulher é oferecido em unidade prisional

A situação de vulnerabilidade social que cerca muitas das mulheres custodiadas em unidades prisionais do Espírito Santo foi um fator decisivo para a oferta de um curso que trabalhará a temática da violência contra mulher. Através da parceria da prefeitura de Cariacica com a Secretaria da Justiça (Sejus), serão ofertadas 200 vagas para internas do regime provisório do Centro Prisional Feminino de Cariacica.

O objetivo é abordar com este público as formas de violência doméstica e familiar e disseminar as ferramentas e meios que ajudam no combate e garantem o atendimento em caso de violação de direitos.

A diretora da unidade, Graciele Sonegheti Fraga, ressalta que essa formação será importante na conscientização de que a violência não pode ser aceita.

“Cada uma dessas mulheres tem uma história de vida: muitas foram agredidas, insultadas. Queremos que, através desse curso, vejam que ao sair daqui elas têm oportunidades e meios para serem capazes e autossuficientes se agregarem esse conhecimento às oportunidades de estudo, trabalho e qualificação que já temos na unidade”.

Para o vice-prefeito do município, Nilson Basílio, levar a capacitação à unidade é um modo de executar a política pública de segurança.

“Cada vida vale. É preciso a coragem de notificar as ocorrências, pois é através desses dados que podemos desenvolver projetos que levem informação e direitos à nossa comunidade.  A segurança se faz a partir de políticas públicas que incluam também a promoção e defesa da mulher, educação, cultura, saúde. Estamos aqui hoje dando nossa contribuição e precisamos que vocês se apropriem e compartilhem esse conhecimento” destaca o vice-prefeito.

A empresa A & F Global Service, contratada pelo município, será responsável por ministrar a formação. Serão oferecidas 200 capacitações ao longo do mês de janeiro na unidade, com carga horária de 40 horas.

Representantes da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES) e do Conselho Municipal da Mulher e dos Direitos Humanos também estiveram presentes e participaram da aula inaugural, realizada na manhã desta segunda-feira (06).

 

Fonte: es.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Praias e Lagoas

Prainha de Itaputera

A praia da ilha de Itaputera é sem duvida um paraíso guardado numa das mais belas ilhas de Marataízes. A...

Praia do Micinho em Marataízes. Um encontro com a natureza!

A Praia do Micinho em Marataízes é como um daqueles recantos onde você chega e não quer mais sair. Um pedacinho da natureza aconchegante...

Praia do Pontal

Você conhece a Praia do pontal? Portanto e a resposta for não. Você está no lugar certo. Iremos num breve texto tentar expor as maravilhas...

Prainha de Itaputera

A praia da ilha de Itaputera é sem duvida um paraíso guardado numa das mais belas ilhas de Marataízes. A ilha que antes vivia isolada...

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão as águas se aquecem e...

Você também pode gostar!LEIA MAIS
Selecionado para você 😉