20.8 C
Marataízes
sexta-feira, 5 junho, 2020

Marataízes terá Central de Intermediação de Comunicação para os Surdos

Mais Lidas

O que é a corrupção?

O dicionário nos dá algumas definições de corrupção. Entre elas, podemos citar a “dilapidação, ato de corroer”. O termo...

Festa de Santa Lúcia em Kennedy acontece neste fim de semana

Nos dias 13 e 14 de dezembro a comunidade de Santa Lúcia, em Presidente Kennedy estará em festa. A festa será...

I Encontro de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio em Kennedy

A Prefeitura de Presidente Kennedy promove no próximo dia 10 o I Encontro de Promoção da Vida e Prevenção do...

O prefeito de Marataízes, Tininho Batista sancionou a Lei que cria Central de Intermediação de Comunicação para os Surdos no município de Marataízes. A medida visa promover maior integração entre os considerados ‘especiais’.

As pessoas surdas de Marataízes já podem comemorar uma grande conquista. Já está publicada no Diário desta quinta-feira (05) a Lei nº 2.103 que dispõe sobre a criação da Central de Intermediação de Comunicação para os surdos no âmbito do município de Marataízes.

Central de Intermediação de Comunicação para os Surdos

De acordo com a lei a Central, vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social, prestará atendimento às pessoas surdas e com deficiência auditiva de Marataízes, com o fornecimento de informações exatas acerca dos serviços públicos municipais através de diversos meios de comunicação, inclusive com atendimento presencial ou remoto.

A Central poderá ter equipamento para videoconferência on line e “web chat” para as recepções de determinados prédios e repartições públicas municipais, também devidamente equipados, com o objetivo de facilitar e agilizar a comunicação através da LIBRAS por vídeo instantâneo entre a Central e o munícipe.

Atendimento Presencial

O atendimento presencial consiste em disponibilizar intérpretes da LIBRAS através de prévio agendamento, na Central de Intermediação para os Surdos, para auxiliar na comunicação deste grupo, com o objetivo de que possam receber uma adequada prestação do serviço público municipal.

A Central deverá ser composta por, no mínimo, 01 (um) servidor intérprete da LIBRAS para possibilitar a prestação de atendimento presencial ou remoto, via Central de Intermediação para os Surdos. Para a concretização da Central criada por esta Lei, o Executivo Municipal poderá estabelecer ações e parcerias, quando necessário, com órgãos públicos e entidades e iniciativa privada, obedecida a legislação vigente.

A Prefeitura de Marataízes regulamentará a presente Lei no prazo de até 180 (cento e oitenta) dias.

Confira na íntegra a publicação no Diário Oficial de Marataízes.

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Praias e Lagoas

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão...

Marataízes a Pérola Capixaba

Marataízes, a Pérola Capixaba comumente conhecida é uma cidade cheia de encantos e belezas naturais, quem conhece nunca mais se esquece. Terra de mineiros e de...

Prainha de Itaputera

A praia da ilha de Itaputera é sem duvida um paraíso guardado numa das mais belas ilhas de Marataízes. A ilha que antes vivia isolada...

Praia do Micinho em Marataízes. Um encontro com a natureza!

A Praia do Micinho em Marataízes é como um daqueles recantos onde você chega e não quer mais sair. Um pedacinho da natureza aconchegante...

Vista do rio Itapemirim no Porto do Pontal em Marataízes

Vamos mostrar a você o por quê de se conhecer o Pontal. Portanto em poucas palavras iremos mostrar para você as belezas desse local! Para quem...

Você também pode gostar!LEIA MAIS
Selecionado para você 😉