20.8 C
Marataízes
sábado, 11 julho, 2020

Presidente Kennedy vacina 92,4% do rebanho contra febre aftosa

Mais Lidas

Prefeito de Marataízes visita a reforma da escola CAIC na Barra do Itapemirim

O prefeito de Marataízes, Tininho Batista, e secretário de Obras, Ricardo Pepe Reis, visitaram nesta segunda-feira (27) as obras...

Itapemirim recebe curso de empreendedorismo e planejamento ‘Mulheres em Campo’

Mulheres da comunidade do Frade, no município de Itapemirim, participaram do curso “Mulheres em Campo”, que abordou noções de...

Foragido do Rio de Janeiro é detido em Marataízes

Após denúncia, Maicon da Silva Santos foi detido pela Guarda Municipal de Marataízes na tarde deste domingo (05). As...

Presidente Kennedy alcançou 92,4% de vacinação contra a febre aftosa. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (11) pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf).

Brasil – ES – Presidente Kennedy – Fotos do município de Presidente Kennedy Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem

Com esse percentual, segundo a Secretaria Municipal de Agricultura, Presidente Kennedy supera o índice de 90% de vacinação que é exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O prazo para vacinação contra a febre aftosa termina neste domingo(15). No Espírito Santo, até o momento, foi registrado um percentual de 84% de comprovação de vacinação.

A vacina deve ser adquirida em lojas agropecuárias cadastradas junto ao Idaf e só podem ser compradas durante o período da campanha. “Como esta etapa se encerra em um domingo, é importante que os produtores estejam atentos para realizarem a compra previamente”, alerta o médico-veterinário do Idaf José Dias Porto Júnior, responsável pelo Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa no Instituto.

A campanha foi prorrogada em função das chuvas que atingiram o Estado em novembro. Além da vacinação, também é obrigatório proceder a comprovação do procedimento, que pode ser feito pelo site do Idaf, até o dia 15 de dezembro, ou nos escritórios do Instituto, até o dia 23 deste mês.

A imunização do rebanho é essencial para manter o status de zona livre da doença, além de ser um dos principais fatores considerados para a proposta de retirada da vacinação ao fim do primeiro semestre de 2021.

Os produtores que não vacinaram ou não declararam poderão ser multados no valor de R$ 53,00 por cabeça e R$ 160,00 por propriedade não declarada, ficando impedido de vender ou transportar o rebanho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Praias e Lagoas

Praia da Barra

A Praia da Barra é a mais tradicional e badalada praia de Marataízes, ela é uma das mais belas...

Praia da Cruz em Marataízes

A Praia da Cruz em Marataízes é umas das mais belas e procuradas praias da orla maratimba. O local conta com areias alvas e...

Praia de Cidade Nova

A Praia de Cidade Nova é muito similar a da Barra com ondas propícias para o surfe. Durante o verão as águas se aquecem e...

Praia do Micinho em Marataízes. Um encontro com a natureza!

A Praia do Micinho em Marataízes é como um daqueles recantos onde você chega e não quer mais sair. Um pedacinho da natureza aconchegante...

Praia da Barra

A Praia da Barra é a mais tradicional e badalada praia de Marataízes, ela é uma das mais belas praias do município, o local...

Você também pode gostar!LEIA MAIS
Selecionado para você 😉