Qual é a origem da corrupção?

62
Qual é a origem da corrupção?
Qual é a origem da corrupção? – Foto: Iq 360

O dicionário nos dá algumas definições de corrupção. Entre elas, podemos citar a “dilapidação, ato de corroer”. O termo também pode ser descrito como “sedução” ou “suborno”. Desse conceito, podemos concluir que a corrupção, quando ligada à política, tanto corrói o patrimônio público como está ligada à troca de favores entre cidadãos e funcionários públicos.

Mas, afinal, qual é a origem da corrupção que tem tomado conta dos noticiários nos últimos anos?

Corrupção e sua origem na história do mundo

Como temos visto este termo ser mais utilizado somente de alguns anos para cá, podemos pensar que a corrupção iniciou-se há pouco tempo. Porém, não é de hoje que a humanidade tenta levar vantagem em cima de outras pessoas e não é só no Brasil que essa prática é conhecida. Vamos ver, agora, a origem da corrupção ao redor do mundo.

Na Grécia, iniciou-se a organização da administração pública tal qual temos visto hoje. Com a nova organização da máquina pública, desde a Roma antiga já começaram os primeiros indícios de corrupção do sistema e os imperadores romanos tiveram que começar a procurar meios de frear os efeitos da corrupção no patrimônio do império.

A utilização de registros contábeis foi uma das maneiras que o imperador utilizou para que houvesse o controle do governo sobre o orçamento público. Ao obrigar cada governante a prestar contas sobre a maneira como estava utilizando os recursos públicos, a expectativa era de que existisse uma consciência maior de responsabilidade.

Mas é claro que rapidamente foi possível inventar um modo de burlar esses livros contábeis. Além disso, até os próprios militares, responsáveis pela proteção da sociedade, cobravam taxas dos camponeses para lhes fornecer o que já era seu direito.

Alguns historiadores defendem que essa exagerada corrupção foi o motivo do império romano acabar. Literalmente, se deteriorou de dentro para fora.

Outros exemplos de corrupção

Outro exemplo mais recente de corrupção é na União Soviética. A sociedade russa, de maneira geral, está inundada por uma corrupção que foi herdada pela URSS. O modelo socialista permitiu que se tornasse comum a prática de desviar dinheiro e cobrar propina da população para recebimento de certas facilidades.

Já a corrupção brasileira não é novidade para ninguém. Entretanto a história do país com práticas ilícitas e subornos já vem de muitos anos. Desde os tempos de colonização, essas práticas eram comuns dentro da Corte Portuguesa. Os índios também se renderam à corrupção e se deixaram levar por subornos.

Confira o mais mais completo site sobre corrupção do Brasil. Contra a Corrupção!

Os cartórios notariais, por exemplo, são uma herança desse tempo. O excesso de burocracia acabava dificultando a vida de muita gente. Desse modo, a única maneira de fazer com que as coisas andassem mais rápido era ilicitamente, por meio da venda de facilidades, a famosa propina.

O Brasil e os “amigos do rei”

Um outro exemplo de corrupção que permanece até hoje são os chamados “amigos do rei”. Não é incomum ver essa prática na administração pública federal e nas administrações públicas de municípios. Várias pessoas sem formação e até sem aptidão para o cargo são contratadas, assim como eram contratados os membros da corte portuguesa. Em troca, essas pessoas faziam favores ao rei.

Hoje em dia, essa moeda de troca costuma ser dinheiro para a realização de campanhas eleitorais. Um cidadão patrocina a campanha de determinado político e, em troca, ganha um cargo por todo o seu mandato, ainda que ele não tenha capacidade técnica para exercer a função que recebeu.

Como vimos, nenhuma dessas atitudes de corrupção dos dias atuais são novidade. Essas práticas, na verdade, são herança de muitos anos. As únicas mudanças são a forma em que ocorrem e os objetos de troca. O que resta ao cidadão é fazer a sua parte no processo de fiscalização dos governantes e exigir que os culpados pelos crimes sejam justamente punidos.

 

Por que os brasileiros são tão corruptos?

Nos últimos anos temos visto diversos brasileiros se revoltarem contra a corrupção política. Esse assunto se tornou frequente nas mais diversas rodas de conversa ao redor do país. Mas não é pra menos! Contudo,  segundo análise do Fórum Econômico de 2017, nós somos o quarto país mais corrupto do mundo. Ganhamos essa classificação em uma análise que envolveu 138 países. Desse modo, a discussão sobre a origem da corrupção brasileira e as maneiras de enfrentá-la está sempre em alta.

Mas afinal, por que o brasileiro é tão corrupto?

A “lei de Gérson”

Bom, para começar, existe um princípio conhecido como “lei de Gérson” nas terras brasileiras. Segundo esse princípio, o cidadão deve agir de maneira a obter vantagens para si em todo o tipo de negociação, ainda que isso ocorra em detrimento do benefício de outra pessoa. O termo passou a ser utilizado a partir dos anos de 1980. O meia-armador Gérson da seleção brasileira fez um comercial de cigarros na época e uma das frases ditas foi: “Gosto de levar vantagem em tudo, certo?”. Isso foi o suficiente para que o seu nome ficasse associado ao “jeitinho brasileiro” ou “lei de Gérson”.

Levar vantagem, o jeitinho brasileiro

O diretor do comercial chegou a fazer outro anúncio destacando que “levar vantagem não é passar ninguém para trás, é chegar na frente”, no entanto, essa frase não ficou tão marcada como a primeira, o que nos leva a acreditar que o jeitinho brasileiro apareceu mais uma vez, dando atenção somente ao que pode utilizar para levar vantagem.

Origem da corrupção em solo brasileiro

A origem da corrupção no Brasil ocorreu nos tempos da colonização. No entanto alguns historiadores acreditam que os primeiros sinais de corrupção em terras brasileiras aconteceram quando integrantes da Coroa Portuguesa.

Contudo passaram a ser coniventes com a comercialização ilegal de alguns produtos naturais, tais como o pau brasil.

Também vemos vestígios de corrupção do período de escravidão. No ano de 1850, o comércio de escravos negros se tornou ilegal, mas isso não impediu que senhores de terra continuassem sendo acobertados enquanto utilizavam a força de trabalho escravagista. No ano de 1888, houve a abolição da escravatura. No entanto, o comércio de escravos continuou ocorrendo sendo acobertado por meio de subornos.

Além de todos esses exemplos de corrupção em terras canarinhas, temos o exemplo dos chamados “amigos do rei”. Contudo esse termo foi usado para caracterizar aquelas figuras que eram premiadas com títulos na corte e com terras, mesmo sem ter nenhuma capacitação para o cargo que ocupavam. Porém, essas pessoas ganhavam esses agrados em troca de favores prestados diretamente ao rei.

A corrupção brasileira continua nos dias atuais

Essa situação também é vista com frequência nos dias atuais. Porém, hoje em dia, a moeda de troca utilizada costuma ser suporte financeiro para a realização de campanhas eleitorais. Um determinado “amigo do rei” patrocina a campanha de algum candidato e, em troca, é contratado para exercer um cargo por todo o mandato do novo governante, ainda que ele não tenha capacidade técnica para exercer o cargo que ocupa.

O concurso público veio para tentar mudar esse quadro. Porém, ainda existem diversos cargos de livre nomeação e exoneração que são utilizados como moeda de troca em detrimento do bem público. Além disso, não é incomum vermos corrupção nos concursos públicos. Por meio de propina, o governante que contrata a banca organizadora já entrega os nomes de seus aliados para que sejam aprovados, ainda que não tirem nota suficiente para a aprovação.

O brasileiro e o seu dia a dia na corrupção

Depois das mais variadas notícias que recebemos nos últimos anos da corrupção política que assola o Brasil, os cidadãos embarcaram em uma outra reflexão: como a corrupção faz parte do dia a dia de cada um?

O brasileiro precisa refletir sobre as suas atitudes diárias e a maneira como ele está, também, envolvido com a corrupção. O princípio da lei de Gerson segue enraizado no caráter de cada cidadão do Brasil. Não é incomum vermos diversas pessoas que estão sempre na expectativa de obterem vantagens ilicitamente.

Gostou do artigo? Então aproveite e compartilhe em suas redes sociais!

Veja mais um ótimo artigo sobre Qual é a origem da corrupção!

 

Deixe um Comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.